Quais as doenças mais comuns no verão?

By

Com o verão chega o sol, calor, praia, férias, mas com ele também surgem algumas doenças características desta época e é preciso tomar muito cuidado para não contraí-las. Por ser uma época associada com descanso, algumas pessoas acabam relaxando também com os cuidados preventivos de saúde. Saiba quais são as doenças mais comuns dessa época e como preveni-las!

 

Desidratação

Trata-se da perda excessiva de líquidos e sais minerais do corpo. Quando desidratado, o indivíduo sente sede, fica com a boca, as mucosas e os olhos ressecados, passa longos períodos sem urinar e sofre aumento da irritabilidade.

Para evitar a desidratação, as principais recomendações envolvem ingestão constante de líquidos frescos, consumo de alimentos leves e igualmente frescos, uso de roupas leves e permanência em ambientes arejados e com sombra.

Intoxicação alimentar

A má conservação dos alimentos é a grande responsável pela intoxicação. Evitar o consumo de alimentos de procedência duvidosa colabora muito para a prevenção desta doença, que tem como sintomas: náuseas, vômitos, diarreia e mal-estar, além de ser uma porta para a desidratação.

Otite

Dor de ouvido e abafamento do som percebido pelo paciente são os principais sinais da otite. Em alguns casos, pode ocorrer febre. As ocorrências de otite que aumentam no verão frequentemente têm relação com a umidade na orelha externa. O ambiente úmido na pele facilita a proliferação de fungos e bactérias. O local, portanto, deve estar sempre seco.

Conjuntivite bacteriana

Conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana que reveste o globo ocular. Os sintomas clássicos da conjuntivite são a vermelhidão, inchaço, ardência e a presença de secreção nos olhos.

Em dias muito quentes, tende a piorar. É muito importante não compartilhar com ninguém, enquanto estiver contaminado, objetos de higiene pessoal. Não é recomendável coçar os olhos. Lavar as mãos e o rosto com frequência também é essencial.

Insolação

Esse problema aparece devido a alta exposição ao sol, podendo causar queimaduras na pele. O verão é propício para uma incidência maior porque as pessoas costumam ficar expostas em períodos muito quentes, entre às 10h da manhã e 4h da tarde, além da frequente desproteção, que pode ser resolvida com um bom uso do protetor solar e de vestimentas leves.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0