O que consiste amigdalite?

By

As amígdalas são estruturas pequenas e arredondadas, que se encontram na parte de trás da boca, ao lado da garganta. Localizadas em um local estratégico, as amígdalas têm a função de produzir células de defesa para combater bactérias e vírus simples que são aspirados com o ar e ingeridos com os alimentos. Quando elas mesmas se infectam e se inflamam ocorre o que chamamos de amigdalite.

Quais os sintomas desse problema?

Nos casos de amigdalite, além de dor para engolir podem estar presentes febre, mal-estar e indisposição. As amígdalas e a garganta ficam avermelhadas e inchadas, podendo estar acompanhada de pequenas feridas vermelhas, aftas e placas de pus. No caso da laringite, há freqüentemente transtornos da voz, como rouquidão e também tosse seca e irritativa. Em alguns casos o sintoma pode ser de ardência, secura, sensação de pigarro ou de bola na garganta e mau hálito.

Causas mais comuns

Amigdalite viral

A amigdalite viral é a forma mais comum de amigdalite. O vírus se aloja nas amígdalas e provoca uma reação de defesa do sistema imunológico, o que provoca vermelhidão e, em casos mais graves, a formação de pus em volta das amígdalas.

Amigdalite bacteriana

A amigdalite bacteriana é uma infecção normalmente provocada pelo Streptococcus pyogenes. Sua principal diferença para a forma viral da amigdalite é a ocorrência de febre persistente acompanhando o quadro de dor de garganta, dificuldade para engolir e vermelhidão.

Diagnóstico é fácil e rápido

O diagnóstico é clínico e depende basicamente da história do paciente e do exame da garganta. Em geral, a infecção viral atinge mais a orofaringe e a faringe, com comprometimento maior dos gânglios. Já a bacteriana se caracteriza pelo aumento acentuado das amígdalas, freqüentemente com a presença de placas de pus.

Tratamento

Amigdalite bacteriana

Nesse tipo de amigdalite, são ministrados antibióticos, estes, que devem ser usados até ao final da cartela ou durante o número de dias indicado pelo médico, mesmo que os sintomas já tenham desaparecido, para garantir que as bactérias são completamente eliminadas e não ganham resistência ao remédio.

Amigdalite viral

Já nos casos de amigdalite viral, não existe um remédio capaz de eliminar o vírus, como nos casos de infecção por bactérias, e, por isso, o organismo tem de eliminar o vírus. Para facilitar esse trabalho, deve-se manter o repouso em casa e beber pelo menos 2 litros de água por dia.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0