Por que algumas pessoas tem varizes?

By

Varizes são veias tortuosas e dilatadas que surgem pelo adoecimento dos vasos. Ao contrário do que se possa pensar, as varizes das pernas não são apenas um problema estético. A presença da variz indica uma veia doente, sendo muitas vezes o primeiro sinal de uma insuficiência venosa crônica.

Na maioria dos casos, as varizes aparecem ao longo do tempo, pois com o envelhecimento as veias perdem sua elasticidade natural devido ao aumento dos níveis de inflamação. E geralmente o problema é mais visível em pessoas com pele clara.

Quais os sintomas?

O principal sinal é a presença de veias inchadas, aparentes pela pele, geralmente nas pernas, que podem se tornar ainda mais inchadas e propensas a rupturas se a doença não for controlada.

Outros sintomas são: ardência, dores, câimbras, dormência, sensação de peso e inchaço nas pernas, especialmente ao fim do dia. Alguns pacientes sentem dores mais intensas e sofrem mudanças na tonalidade da pele.

Conheça as causas

O principal fator é a predisposição familiar, ou seja, a doença é passada de geração em geração, caso pais, avós e tios apresentem os mesmo sintomas.

Em seguida, as mulheres são as mais prejudicadas. Segundo especialistas são registrados 3 casos de mulher com varizes para cada homem com a doença.

Confira os tratamentos mais comuns

Escleroterapia

É um procedimento usado para varizes de pequeno tamanho, onde o médico injeta substâncias que causam esclerose (destruição e cicatrização) da veia selecionada. Como esta veia deixa de receber sangue, ela torna-se inútil, e com o tempo o corpo a elimina.

Tratamento de espuma

O tratamento de varizes com espuma é eficaz nas varizes de pequeno calibre, sendo mais indicado para os vasinhos e para as microvarizes. A espuma é uma mistura de gás carbônico com um líquido, que juntos são aplicados com uma injeção nas varizes, que atua fechando a veia.

Sem tratamento, geram riscos

As varizes oferecem riscos à saúde e, quando não são tratadas, podem dar origem a outros problemas. As principais complicações e que apresentam maior risco são as flebites, as tromboses, as manchas nas pernas e as feridas.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0