Por que fazer check-up?

By

O check-up é uma avaliação médica de rotina associada a exames específicos de acordo com idade, sexo e histórico pessoal e familiar. O diagnóstico precoce é fundamental para elevarmos os índices de cura das doenças.

A importância da prevenção

A prevenção primária constitui os cuidados tomados diante de um indivíduo assintomático, visando evitar o aparecimento de uma determinada condição (por exemplo, a vacinação de crianças e idosos). A prevenção secundária consiste na identificação e tratamento de pessoas assintomáticas já portadoras de fatores de risco para determinada condição ou que já apresentem doença em fase pré-clínica (por exemplo a realização da colpocitologia oncótica para a prevenção do câncer de colo do útero ou a detecção da hipertensão arterial).

Não basta apenas realizar o check-up!

No entanto, engana-se quem pensa que o check-up só envolve exames. Os especialistas lembram que, para garantir uma vida saudável, é também preciso manter uma dieta balanceada e fazer atividades físicas regularmente. Mais do que fazer testes, é necessário estabelecer a prevenção.

Quais são os exames que não podem faltar em um check-up?

Hemograma: tem como objetivo avaliar a presença de anemia, processos infecciosos e a contagem de plaquetas.

Creatinina: o exame pretende avaliar o funcionamento dos rins.

Glicemia: o exame mede a dosagem de glicose no sangue, permitindo diagnosticar hiperglicemia (níveis elevados) e a hipoglicemia (níveis muito baixos).

Colesterol total: analisar a dosagem de colesterol total é importante para a avaliação de risco de doenças coronárias.

Triglicerídeos: Os triglicerídeos são gorduras que tem relação com doenças nos vasos sanguíneos, coração e cérebro.

Ácido Úrico: A concentração de ácido úrico no sangue é importante na avaliação e diagnóstico de gota, calculose urinária, insuficiência renal e alguns tipos de câncer.

Exame de urina: O principal objetivo do exame é avaliar o funcionamento dos rins e vias urinárias.

A importância dos exames atualizados

Temos que ter a consciência que os exames laboratoriais, interpretam o que está acontecendo com você, naquele momento, por isso tem uma curta validade, não adianta, por exemplo, levar no seu médico, exames que realizou dois meses atrás. E o mais interessante ainda é estabelecermos uma data para realizar um check-up que seja pelo menos anual.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0