Quais os sintomas de cálculos renais?

By

Os rins funcionam como dois grande filtros do sangue. Além de água para formar a urina, eles retêm diversos elementos, como cálcio, ácido úrico e oxalato. Quando essas moléculas aparecem em grande quantidade e há pouco líquido para dissolvê-las, surgem cristais ou agregados que se avolumam e viram os cálculos.

Quais as causas?

As causas podem ser variadas, algumas delas são o fato de a urina levar mais substâncias do que deveria e então aí, começar a formar cristais e, consequentemente, pedras nos rins.

Quais os sintomas?

Os principais sintomas são: eliminação de sangue na urina, náuseas e vômitos provocados pelas intensas dores na região lombar, obstrução das vias urinárias, dor que acompanha o ato de urinar, comum quando há infecção ou quando o cálculo se encontra na bexiga. Em alguns casos a febre é outro sintoma que acompanha este distúrbio. Todos estes sintomas que sugerem a presença de cálculos renais devem ser avaliados por um médico para posterior tratamento.

Como é feito o diagnóstico?

Exames de imagem como radiografias ou ultrassonografias podem indicar a presença de cálculos. Exames um pouco mais sofisticados, como a urografia excretora, podem ajudar na localização dos mesmos. Se for necessário, exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética podem completar o diagnóstico.

O tratamento é difícil?

O tratamento para cálculo renal, pode ser feito com a toma de analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e reidratação, em casa ou no hospital. A cirurgia para pedra nos rins é utilizada apenas quando os cálculos renais têm mais de 6 mm ou quando a ingestão de medicamentos não é suficiente para os eliminar na urina.

Quais os tipos de cirurgia existentes?

Cirurgia por ondas de choque

Os cálculos renais são quebrados com ondas de choque aplicados através da pele. As pedras são fragmentadas em pedaços pequenos que são eliminados espontaneamente.

Urestroscopia rígida

Esta cirurgia tem como objetivo a fragmentação e retirada do cálculo do ureter ou pequenos cálculos, por método endoscópico. Não há necessidade de incisões ou cortes, pois o procedimento é realizado pelo orifício da uretra, permitindo então acessar as vias urinárias com menor agressividade.

Cirurgia aberta convencional: O rim é aberto para que as pedras sejam retiradas. A cirurgia aberta normalmente é usada em casos de cálculos renais coraliformes (pedras ramificadas que se moldam aos contornos do rim ao seu redor).

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0