Qual diferença de psiquiatra e psicólogo?

By

Há, frequentemente, dúvida sobre as diferenças entre psiquiatra, psicólogo, psicanalista e psicoterapeuta. Embora, estes profissionais possam trabalhar em campos ligados à saúde mental e compartilhem da missão de atender pessoas que anseiam por mudanças em relação ao que fazem, ao que sentem e ao que pensam, diferenças importantes podem ser identificadas. Tais diferenças concentram-se na formação do profissional, no modo de compreender o complexo fenômeno do comportamento humano e, consequentemente, nos métodos de intervenção.

A primeira diferença se refere à formação acadêmica de cada um dos profissionais.

O psiquiatra é um profissional da medicina que após ter concluído sua formação, opta pela especialização em psiquiatria. Esta é realizada em 2 ou 3 anos e abrange estudos em neurologia, psicofarmacologia e treinamento específico para diferentes modalidades de atendimento, tendo por objetivo tratar as doenças mentais. Ele é apto a prescrever medicamentos, habilidade não designada ao psicólogo.

Isso significa que o psiquiatra terá como foco, primeiro, a identificação da desordem mental que está acometendo o paciente e, em seguida, o tratamento medicamentoso de tal desordem. É um profissional fundamental no tratamento de desordens mentais severas tais como, esquizofrenia, autismo e transtornos de humor.

O psicólogo é um profissional que concluiu a graduação em Psicologia, podendo atuar na área clínica, organizacional, educacional, esportiva e outras. Pode, ainda, atuar com pesquisa em universidades, contribuindo assim para descobertas sobre as variáveis relacionadas ao comportamento humano, normal ou desviante, nos mais variados contextos.

Para atuar na área clínica, o psicólogo geralmente complementa a sua formação com cursos (especialização, pós-graduação stricto sensu e lato sensu), ele utiliza a psicoterapia, um conjunto de técnicas e meios para analisar e intervir nos problemas emocionais, comportamentais e/ou transtornos mentais. Na psicoterapia, o psicólogo, através da mediação verbal, conduz o seu cliente a um processo em que este se torna mais consciente das coisas que faz, pensa e sente no seu dia-a-dia e busca proporcionar e ele a aprendizagem de novos comportamentos para lidar com as suas dificuldades.

O psicólogo que trabalha com psicologia clínica é também chamado de psicoterapeuta. Embora a psicoterapia derive de teorias psicológicas, o psiquiatra com treinamento adicional tem, também, utilizado a psicoterapia e se identificado como psicoterapeuta.

Mas ao contrário do que pode parecer num primeiro momento, o psiquiatra e o psicólogo são profissionais complementares. Em casos graves, a julgar pela avaliação dos profissionais, é indicado que o paciente faça um tratamento combinado, ou seja, psicoterapia com o psicólogo e tratamento medicamentoso com o psiquiatra.

2 Comments
  1. Fabrício 11 meses ago
    Reply

    Fazem propaganda da especialidade, mas não tem médico na área.

    • admin 11 meses ago
      Reply

      Boa tarde, Fabrício! Temos essas especialidades em nossas clínicas.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like