Saiba mais sobre o câncer de intestino

By

O tumor de intestino é um dos tipos de câncer mais frequentes, especialmente se for do tipo colorretal, ou seja, quando afeta as partes finais do intestino grosso, chamadas de cólon e reto.

É importante ressaltar que o câncer colorretal, quando diagnosticado precocemente, tem altas chances de cura e de sobrevida do paciente.

Causas

Não há nenhuma causa única de câncer de cólon. Quase todos os cânceres de cólon começam como pólipos benignos e lentamente se tornam câncer. Porém, existem fatores de risco como uma dieta rica em gordura e carne vermelha, com um teor baixo de fibra. Fumar cigarros e álcool são outros fatores de risco para o câncer colorretal.

Sintomas

O câncer de Intestino é caracterizado pelos sintomas de diarreias constantes, a incidência de sangue nas fezes ou dor de barriga. Esses sintomas podem ser difíceis de identificar devido ao fato de serem muito comuns em diversas situações do dia a dia.

O próprio estresse e a presença de sangue nas fezes podem ser sinais de hemorroidas. Por isso, se existir alguma suspeita de câncer de intestino, e quando os sintomas durarem mais de um mês, recomenda-se consultar um gastroenterologista para que sejam feito exames de diagnóstico.

Diagnóstico

A colonoscopia é o exame mais usado para diagnosticar o câncer colorretal. Consiste na introdução de uma câmera flexível pelo ânus. O exame é realizado sob sedação e requer preparo do intestino por meio do uso de laxantes específicos. Durante a colonoscopia é possível detectar e remover, na maioria das vezes, os pólipos intestinais. Outros exames também podem ser utilizados, mas a indicação deve ser discutida de maneira individualizada entre médicos e paciente.

Tratamento

O câncer de intestino tem cura quando é diagnosticado no início da doença e o tratamento iniciado prontamente, mas quando o tumor colorretal é descoberto numa fase avançada as chances de cura diminuem.

Cirurgia

A cirurgia é, em geral, o tratamento de escolha do câncer inicial, retirando a parte do intestino afetada e os nódulos linfáticos próximos à região. Pode ser necessária a realização de uma colostomia, que é a abertura do intestino na parte inferior da barriga por onde são eliminadas as fezes.

Quimioterapia

A quimioterapia é recomendada para câncer de graus piores e consiste no uso de medicamentos que matam as células cancerígenas, podendo ser em forma de comprimidos ou injeção. A duração do tratamento pode variar de 6 meses a 1 ano, ou mais.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0