Você sabe o que é refluxo gastroesofágico?

By

A doença do refluxo gastroesofágico(DRGE), ou refluxo, é uma doença digestiva em que os ácidos presentes dentro do estômago voltam pelo esôfago ao invés de seguir o fluxo normal da digestão. Esse movimento é conhecido como refluxo e irrita os tecidos que revestem o esôfago, causando os sintomas.

O que causa o refluxo?

O refluxo gastroesofágico ocorre em razão de uma falha no esfíncter esofágico inferior, também conhecido como esfíncter cárdico, que funciona como uma válvula, não deixando que o bolo alimentar que está no estômago retorne para o esôfago.

Quais os principais sintomas?

Sensação de queimadura no tórax, por trás do esterno, que pode estender-se do abdómen até à garganta, regurgitação, aparecimento de alimentos na boca, não provocado por vômito. Por vezes ocorre de modo insidioso, manifestando-se sobretudo de noite pelo aparecimento de mancha de líquido acastanhado no travesseiro, disfagia, dificuldade em engolir certos alimentos, que pode ser acompanhada por dor.

Grupo de risco

O refluxo é mais comum em pessoas que ingerem uma grande quantidade de comida e se deitam logo em seguida, pois, como o estômago está cheio, o esfíncter terá mais dificuldade para se fechar. Pessoas obesas, mulheres grávidas e pessoas que ingerem bebidas que contêm cafeína, são o grupo de risco do refluxo.

Diagnóstico

Hoje em dia existem vários meios de estudo do refluxo, sendo a endoscopia o mais utilizado, porém, eventualmente são necessários outros meios de confirmação do diagnóstico e da resposta ao tratamento.

Tratamento

Grandes estudos de pesquisa feitos sobre refluxo ácido apontam para dieta como um fator contribuinte para a melhora ou piora dos sintomas.

Mudanças de estilo de vida para o tratamento do refluxo

Os obesos e com sobrepeso são mais propensos a sofrer de DRGE e sintomas relacionados. A redução de peso, muitas vezes ajuda a reduzir os sintomas da DRGE.

Fumantes têm um risco mais elevado da DRGE. Abandonar o tabagismo ajuda pacientes com DRGE.

Os pacientes são aconselhados a comer menores e mais frequentes refeições ao invés de três grandes refeições por dia. A última refeição do dia deve ser tomada pelo menos 4 horas antes de dormir. Deitar-se imediatamente após uma refeição pode agravar os sintomas da DRGE.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0