Urologista trata apenas do homem?

By

A Urologia é a especialidade da medicina que trata de problemas do Sistema Urinário masculino e feminino (rins, ureteres, bexiga, uretra), bem como do Sistema Reprodutor Masculino (testículos, epidídimos, ductos deferentes, vesículas seminais, próstata e pênis).

Apesar de ser uma especialidade pouco procurada pelas mulheres, a urologia é a área médica responsável pelo tratamento de cálculos renais, por exemplo. Mulheres que sofrem desse problema devem fazer um acompanhamento regular com um urologista, realizando exames a cada seis meses ou um ano.

Em caso de mulheres com tumores nos rins ou na bexiga, o acompanhamento de um urologista é fundamental. A especialidade também atende mulheres com infecção urinária, doença que atinge 35% das grávidas e 30% daquelas que estão na pós-menopausa.

Desde a infância, é esse médico que avalia os problemas de desenvolvimento peniano, alterações de testículos, fimose e acompanhando os meninos até a sua adolescência. Nesta fase vem o acompanhamento da puberdade, orientando-os nos aspectos da sua sexualidade e desenvolvimento.

O adulto jovem necessita frequentemente deste profissional no que diz respeito a distúrbios sexuais, doenças sexualmente transmissíveis (DST), questionamentos com relação ao desenvolvimento sexual. Tem sido cada vez mais frequentes os homens, assim como as mulheres procuram o médico Ginecologista.

O Urologista também é procurado para discussão de problemas conjugais, bem como para realizar a vasectomia para controle da natalidade, cirurgia esta pouco invasiva, realizada em caráter ambulatorial, com anestesia local e com grande índice de sucesso.

A partir dos 40 anos, o Urologista pode iniciar um acompanhamento anual da próstata em virtude dos elevados índices de câncer nesta glândula (cerca de 10% da população). Os índices de cura desta doença são elevados quando o diagnóstico é feito precocemente. Estes exames devem ser realizados anualmente, com o exame digital da próstata, exames de PSA (sangue) e ultrassonografia com biópsias quando necessárias.

Na terceira idade , além destes problemas com a próstata e aumento do risco de câncer nos demais órgãos tratados pelo Urologista, a impotência sexual e a deficiência androgênica dos homens maduros se mostram com frequência. É o Urologista quem diagnostica as causas da disfunção eréctil (problemas vasculares, hormonais, neurológicos ou psicológicos), assim como realiza o tratamento medicamentoso, hormonal, bombas de vácuo, injeções intra-cavernosas ou prótese peniana.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like